Loading Posts...

Terceiro Episódio: Divide and Conquer – Review

MARVEL'S INHUMANS - "Divide and Conquer" - After fleeing their home, The Inhumans desperately search for each other in the wake of Maximus' coup. Now they must learn who they can trust on Earth, on an all-new episode of "Marvel's Inhumans," airing on FRIDAY, OCTOBER 6 (9:01-10:01 p.m. EDT), on The ABC Television Network. (ABC/Karen Neal) ISABELLE CORNISH, IWAN RHEON, ARI DALBERT

Com um episódio relativamente melhor que os dois primeiros, a série parece abrir o enredo cada vez mais com a entrada de novos personagens.

Nesse episódio temos a introdução do personagem do Henry Ian Cusick, o Dr. Evan Declan, que aparenta estar muito interessado nos inumanos. Ao receber a notícia sobre o Raio Negro ele vai para o Havaí, e arranja um jeito de fazer o Rei dos Inumanos escapar da prisão.

Na prisão, Raio Negro é mal tratado pelos policias por ter ferido dois que estavam no carro que voou pelos ares na rua graças ao seu leve grunhido. O outro detento, que acabou sendo o colega de cela dele, o Sammy, que tinha negociado com o Dr. Declan a fuga do Raio Negro, chega todo amedrontador mas no final das contas é gente como a gente… Ops! Gente como os INUMANOS, e ajuda o Raio Negro a lidar com os maus tratos dos policiais além de ajudar ativamente na fuga dele. – Além de garantir o dele por escapar junto.

Enquanto o Rei dos Inumanos está trancafiado na cadeia, Medusa tenta tirar a barriga da miséria por tentar tirar dinheiro dum caixa eletrônico para pagar um “lanchinho”. Pena que a maquina não sabe que ela é a RAINHA DE ATTILAN né. E já que bancar a fina não deu certo é só se juntar ao lado vilanesco da força… Visando o alto padrão de vida ela invade uma casa luxuosa com vista para o mar, e rouba umas frutas (Até pra roubar é fitness), roupas, dinheiro, e uns enlatados.

Gorgon está na floresta novamente, esperando para fazer um emboscada contra os soldados do Maximus. Ele conta com a ajuda dos surfistas que encontrou na praia, que foram ex soldados. Infelizmente, o papo de ser um ser superior não pegou bem, e o fato de o cara que se propôs a ajudar ele ficar tranquilo com aquela humilhação não ficou legal.

Karnak bate a cabeça e perde seus poderes?? Como que um Inumano da família real fica tal prejudicado dessa maneira?! Uma baixa inadmissível! Sem contar o pedido final dele, de ficar com os produtores de maconha. Como ele desistiu tão facilmente de servir ao seu Rei e procurar pelos outros? Será que tudo isso é vergonha? Pela confiança e lealdade característica do personagem essa passagem ficou um tanto confusa.

Voltando para o mundo da Lua, Maximus tenta fazer um suspense, mas falha terrivelmente! Ele tenta bancar de bonzinho com a Crystal mas no final da conversa já taca uma ameaça – assim não dá diretor/roteirista! Na reunião com o Conselho Genético a mesma coisa, faz a linha bom moço com a Crystal mas logo solta um pouco de veneno. A falta da construção de um suspense de uma trama bem desenvolvida é notada claramente, e por esse problema nós não podemos culpar os atores – alguém podia ensinar ao Maximus como dar um golpe, até Titio Temer foi mais discreto!

Maximus até tentou forjar uma aliança com a Princesa, e ela “diz que concorda” mas nos final das contas na frente de todo mundo, ela faz igual aquelas crianças que você passa a semana toda ensaiando o que dizer numa apresentação e elas só dizem uma frase que é totalmente o contrário do que ensaiaram e sai correndo – foi literalmente isso que aconteceu! Vemos mais uma amostra dos poderes da Crystal (levanta o dedinho, fogo; levanta o dedinho, gelo) que usa eles para conseguir escapar do cárcere do Rei golpista, acorda o Dentinho a força e se teletransporta para a Terra.

Da Lua de volta para a Terra, Medusa consegue encontrar Raio Negro, só que ele já estava de saída. Enquanto o Rei passava uns dias no “hotel de graça” do Havaí a Dr. Ellen ficou esperando do lado de fora por novidades. Ela até tentou conseguir informações com o Detetive/Capitão, mas ele negou. Como o Raio Negro fugiu de helicóptero, Medusa e a Dr. Ellen logo notaram e acabaram se esbarrando. Nisso temos a deixa para o próximo episódio, onde acontece a perseguição de carro, e como pôde ser visto nas imagens promocionais elas trabalham juntas para encontrar Raio Negro.

Auran aqui na terra está se esforçando para achar os seus alvos, e graças a emboscada de Gorgon ela consegue sua primeira abordagem com equipe. Embora sejamos apresentados à um distinto inumano, que promete fazer grandes estragos, o foco fica divido em quem REALMENTE pode causar algum dano na cena. Ninguém se sobressai na luta e acaba que o team Gorgon tendo que bater em retirada. O detalhe que para o jeito que Auran e Maximus discutiram sobre o Mortis, parecia que ele ia matar metade da população do Havaí, mas na verdade ele só solta “luizinhas” pelos olhos mesmo.

Com um episódio cheio de pontos, e nenhum alto, os flashes back nos ajudam a entender um pouco mais da história por trás do rancor e desejo ao trono do Maximus. Além do curioso fato de que Raio Negro não queria ser Rei, temos a narrativa do momento agonizante em que o príncipe Maximus é informado que ele não passa de um mero humano. No entanto, esperamos avidamente pelo flash back que vai mostrar como o Rei e Rainha se conheceram.

Ainda assim ficam as duvidas: “Será que o Dr. Declan é aliado ou inimigo?” e “O que vai acontecer com o personagem mais fofo, amado, e carismático da série (Dentinho) e sua dona?” Cenas para os próximos capítulos.

Vinijar

Satisfação em atender os seus vícios.

Loading Posts...
Close